Negocio Feminino

09-06 2016

“Cultura do estupro?”

por Cris Lavratti

Ao longo desses dias, as redes sociais, os jornais e os assuntos giraram em torno do caso da menina de 16 anos que foi violentada por mais de 30 homens no Rio de Janeiro. Revoltante. Triste. Desesperador. Assustador. Nojento. Muitos sentimentos juntos e misturados brotaram nos corações de todos nós com essa notícia abominável.

Independente se 30 ou se 1, uma profunda repulsa se fez presente. Mas 33 é um número realmente apavorante. E o pior é pensar que ao redor do mundo, milhares de mulheres e crianças são violentadas diariamente. E que em alguns governos da África, Oriente e em alguns lugares da Europa e da Ásia a violência contra a mulher não é vista como crime. Dados de 2012, comprovam que a cada 27 segundos uma mulher é estuprada na Africa do Sul.

Continue Lendo >>

06-05 2016

Bela, recatada e do lar? Papo de mulher.

por Cris Lavratti

Há cerca de um mês, na casa de uma amiga pra lá de especial, num daqueles papos de mulher, ela me contou que estava saindo com um cara que estava passando por uma fase de transição: da vida de casado para a de solteiro, mudando de emprego, enfim, tudo novo de novo, então optaram por programas mais em casa,  para não gastar muita grana.

Continue Lendo >>

22-04 2016

Ciclos da vida

por Cris Lavratti

Casamento sempre me emociona. São duas pessoas que reconhecem-se e firmam um laço de amor. Quando o juiz de paz fala, acho frio, mas quando a cerimônia torna-se plena através de palavras doces vindas de um religioso ou de amigos ou da família dos noivos, derramo-me.

Continue Lendo >>

04-04 2016

O futuro de presente

por Cris Lavratti

Olho para aquelas bolitas azuis brilhantes e vejo o amanhã. Os olhos de meu filho são atentos, desde os primeiros minutos de vida. Parece que ele já nasceu curioso, querendo entender e desbravar esse mundo aqui. Ou será que está, desde então, reconhecendo aromas e pessoas?

Continue Lendo >>

04-04 2016

A separação e os filhos

por Cris Lavratti

O ser humano pode ser muito cruel. Isso é fato. Mas uma mãe e um pai serem cruéis com seus filhos é o ápice. Ouso dizer que é doença e das mais graves. Gerar uma vida é um milagre, uma benção, é divino. É o momento em que nos conectamos com as mais altas energias do universo, com Deus. É o amor se materializando em nossa frente, em nossas vidas.

Continue Lendo >>

12-03 2016

Ser mãe não é padecer na culpa

por Cris Lavratti

Crônica para o portal Negócio Feminino.

“Bem vinda ao mundo da culpa”. Essa foi a frase que ouvi de uma amiga, quando já estava com meu bebezinho nos braços. Confesso que paralisei. Ao longo dos meus 37 anos, consegui livrar-me das culpas que fui colecionando ao longo da vida. Livrei-me de vez. Ainda as ouço subindo as escadas da consciência, mas antes mesmo de chegarem a adentrar em meu peito, as abandono. Escolhi não vivê-las mais. Nelas moram todos os boicotes e decidi não mais me boicotar.

Continue Lendo >>

29-02 2016

Mãe a bordo

por Cris Lavratti

No último trimestre da gravidez, começaram as indagações de amigas e pessoas próximas: “A tua mãe vem pra Caxias te ajudar nos primeiros dias, né?”. A pergunta era uma constante e vinha de todos os lados. Como levei minha gestação no tempo dela, não me detive nesses detalhes antecipadamente, aliás, eu e meu marido nem tínhamos conversado a respeito. A meu ver, todos iriam visitar o Martim e ponto. Em nenhum momento me vi em apuros.

Continue Lendo >>