On my way (do meu jeito)

Poesia publicada em dezembro/2012

Veio de uma forma estranha. Acertou e desfez. Fiquei no ar.

Mesmo só tendo dado os primeiros passos, investi.

Acreditei. E me dei conta que acreditar sozinha, não frutifica.

Senti que Deus tem um plano para mim.

O que sou, pertence a mim e de mim parte para ganhar o mundo.

Que alegria. Meu coração começa a bater no compasso certo, novamente.

A euforia é a das minhas criações. O fluir é o das minhas linhas. O amor é o do meu coração.

De mim, para o mundo.

Absorvo e devolvo, do meu jeito. É como respirar.

Clareza que se faz presente. Alma tranquila e olhar certeiro.

Assim eu continuo! On my way! Do meu jeito!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *