despedidas

20-07 2015

Carta de despedida

por Cris Lavratti

Crônica publicada no portal Negócio Feminino

Um dia, sem mais nem menos, você virou uma sombra em minha vida. Eu não conseguia te enxergar com nitidez, nada mais estava claro. O que antes era um céu azul e trazia brisa suave, tornou-se cinza, anuviado e cheio de tormentas. Nossa vida se fechou em um cadeado qualquer no tempo. Estávamos presos um ao outro, já não voávamos como antes. Nossas asas estavam pesadas e a ventania nos embolava em discussões diárias.

Continue Lendo >>

26-04 2015

Memórias não nos pertencem

por Cris Lavratti

Memórias despedem-se de nós e não o contrário. Esforços são em vão. Tentativas? Tampouco. Por mais que a busca se perpetue nas gavetas da consciência,  o nada é repetitivo e a negação constante.

Continue Lendo >>