turno

26-04 2015

Helios e Selene

por Cris Lavratti

Crônica publicada no livro Santa Sede – Crônicas de Botequim – Safra 2012

Nasci no meio do dia. Eram exatas doze horas e quinze minutos. Sou manhã e luar. Calor e frio. Permaneço em mim e evoco as horas a meu favor. Transformo aquilo que fui, em algo bom. No correr da vida, planto. Entrego-me à colheita e deixo o tempo fluir.

Continue Lendo >>